Como impedir Instagram e Facebook de usarem suas fotos e postagens para treinar inteligência artificial


A coleta dos dados públicos de usuários para desenvolver e melhorar a assistente de inteligência artificial da Meta está prevista na política de privacidade da empresa. Meta passa a coletar dados das redes para IA. Saiba passo a passo para desativar
Fotos e textos que você posta no Instagram e Facebook podem estar sendo usados para desenvolver e melhorar uma inteligência artificial.
A coleta desses dados para tal finalidade aparece na nova atualização da política de privacidade das duas redes sociais, que são controlados pela Meta, empresa de tecnologia de Mark Zuckerberg.
Na Central de Privacidades da Meta, disponível no Instagram, a empresa diz que usa informações que estão publicamente disponíveis e que foram compartilhadas em suas plataformas. Isso inclui publicações, fotos ou legendas.
O conteúdo das mensagens privadas com amigos e familiares não é usado, segundo a empresa.
⚠️ Mas os usuários podem se opor. Também na Central de Privacidades, a Meta diz que as pessoas têm “direitos relacionados à forma como suas informações são usadas para IA na Meta”, o que inclui o direito de se opor ao uso de informações compartilhadas.
O passo a passo para desativar a coleta de informações no Instagram
g1
A remoção é instantânea?
Segundo a Meta, não. O texto diz que as solicitações de objeção serão analisadas de acordo com as leis de proteção de dados relevantes. “Se a sua solicitação for atendida, ela será aplicada a partir do momento que for aceita”, diz o texto.
O que diz a Meta?
A Meta diz que pode “processar informações sobre você para desenvolver e melhorar a IA na Meta, mesmo se você se opuser ou não usar nossos produtos e serviços”.
Como exemplo, a empresa diz que isso poderia acontecer se o usuário ou suas informações:
aparecerem em uma imagem compartilhada nos produtos ou serviços por alguém que os usa;
sejam mencionados em publicações ou legendas que outra pessoa compartilhar nos produtos e serviços.
Procurada pelo g1, a Meta enviou a seguinte nota:
“Estamos comprometidos em desenvolver a inteligência artificial na Meta – nossa coleção de recursos e experiências generativas de inteligência artificial junto com os modelos que os alimentam – de forma segura, responsável e atendendo as regulações de privacidade no Brasil.”
Como bloquear o ‘Jogo do tigrinho’ no Whatsapp
Apple Vision Pro: veja primeiras impressões sobre óculos de realidade virtual

Deixe um comentário